Comidinhas para facilitar viagens com crianças na Florida

Vanessa Skilnik

Viajando para a Florida com as crianças? Temos algumas dicas de comidinhas para facilitar quando os pequenos chegam de um dia de passeio famintos e exaustos para ir a um restaurante.

Selecionei os itens que costumo comprar quando viajo para o destino com minhas filhas, estou sempre descubrindo novas opções que elas adoram. Entre as vantagens de comer no quarto hotel (ou outro tipo de hospedagem) e carregar lanchinhos na bolsa para o dia estão a redução de gastos com restaurantes, um certo controle sobre a qualidade da alimentação durante as férias e conveniência. A maioria dos itens indicados não requerem forno nem geladeira e podem ser usados por quem não tem cozinha na hospedagem.

Reservo o primeiro dia da viagem para comprar descartáveis e mantimentos básicos, que variam conforme facilidades da hospedagem. Muito papel toalha para manter o local limpo e, caso seu hotel não tenha uma cafeteira ou refrigerador, considere comprar uma chaleira elétrica (eletric kettle, opções até U$20) para ter água quente para achocolatados e uma sacola térmica para armazenar alimentos durante curtos intervalos (os hotéis costumam ter maquinas de gelo) .

A maior rede de supermercados da Florida é o Publix - você sempre encontrará uma unidade por perto do hotel e atrações que oferece os produtos listados neste post. Ir ao Publix acaba sendo um passeio: com muita variedade e praticidade, fica difícil não se perder nas prateleiras de cereais, iogurtes e tantas outras. Se você estará na região com crianças, espero que esta lista (e galeria de fotos para facilitar a visualização dos produtos) te ajude.

Para o café da manhã:

  • Iogurte (deixe no frigobar ou térmica durante a noite)
  • Leites (variedade incrível de leites sem gluten e lactose em diversos tamanhos)
  • Sachês de achocolatados instantâneos
  • Cereais com aveia quentes (porções individuais de diversos sabores que ficam prontos misturados com leite quente)
  • Cereais diversos
  • Frutas (opções cortadas e limpas para a geladeira ou inteiras)
  • Chocolate em caixinha
  • Queijos em “tirinhas
  • Sucos
  • Geléias
  • Torradas e bolachas
  • Waffles congelados (só colocar na torradeira)


Para lanchinhos ao longo do dia:

  • Nozes, castanhas e frutas secas (os preços são muito mais acessíveis que no Brasil)
  • Barras de cereais
  • Cenourinha
  • Milho em conserva (potinhos individuais)
  • Balinhas de frutas
  • Pretzel
  • Salgadinho de grão de milho torrado
  • Snacks especiais para crianças pequenas
  • Chips de raízes

Snacks não-saudáveis prediletos:

  • Bolachas recheadas de chocolate Milano (em algumas unidades também disponíveis em pacotes individuais)
  • Sorvetes Ben and Jerry
  • Chocolates “kisses”da Hershey
  • Cereal Corn Pops (parece uma pipoca doce)
  • Pringles (porções individuais)
  • Massas de cookies congeladas que assam em 15 minutos (procure por cookies dough das marcas Nestle ou pillsbury na área de congelados)

Jantar sem forno:

  • Frango de padaria (procure por rotisserie chicken na seção de comidas prontas), mesmo se não tiver forno leve quentinho e coma em seguida
  • Bandeja de comida japonesa, disponíveis ao lado da seção de peixes
  • Verduras e legumes limpos para salada como tomatinhos, pepinos, alface, cenoura e brócolis (procure verduras triple washed para ter certeza que são lavadas)
  • Bandejas de camarões cozidos, para comer frio com um molhinho rose que vem junto ou misturar na salada
  • Queijos e frios fatiados
  • Atum em conserva
  • Salmon defumado
  • Pães

Jantar com forno:

  • Arroz em saquinho
  • Macarrão e pastas recheadas com frango, carne ou legumes
  • Peito de frango empanado para assar com muitas opções orgânicas (procure por chicken tenders na parte de congelados)
  • Legumes diversos de microondas
  • Milho em espiga congelado que fica pronto em minutos microondas (procure por corn on the cob)

Aproveite as idas aos mercados para apresentar aos seus filhos a diversidade de sabores, culturas e hábitos presentes nos Estados Unidos. Boa viagem!

Informações levantadas em Dezembro/2017