Arte no Parque

Parque Farroupilha - Redenção

já aconteceu

Arte no Parque é um projeto com foco no teatro de rua e apresentações de alguns grupos artísticos da cidade. Para sua primeira edição a curadoria selecionou espetáculos não só, mas principalmente voltados para o público infantil. O músico e ator Zé da Terreira, morador da Casa do Artista Rio-grandense irá comandar a abertura do festival, com uma performance no parque. E o ator Tuta Camargo será o mestre de cerimônias e irá conduzir descontraidamente o público nas diversas atividades ao longo do dia.

Programação:

  • 11h - Início do evento / feira de produtos orgânicos e troca de livros / Teatro de Caixa - Cia Divina Comédia / Ícaro – Luciano Malmann (bate papo com o ator e a diretora Liane Venturella após a apresentação)

Ícaro é um espetáculo sobre a diversidade humana. Medos, frustrações, alegrias e conquistas serão narradas e interpretadas pelo ator Luciano Malmann, inspirado na sua própria experiência como cadeirante desde 2004 quando sofreu uma lesão na medula ao cair durante uma acrobacia aérea em tecido no Rio de Janeiro.

  • 14h – ETC - Circo Hibrido

Em cena, uma trupe de amigos artistas que viajaram o mundo estudando as mais variadas artes. Na bagagem trazem equilíbrios, giros, palhaçadas, bolas, círculos, aros, bambolês, baldes de água…. Eles brincam, investigam movimentos, levam pra cena novas descobertas, exploram possibilidades, fracassos e sucessos e criam uma sensação de suspense convidando o público pra embarcar com eles nessa atmosfera. É teatro, dança, música, arte circense e muito mais.

  • 15h - Crionças - Coletivo Crionças

O espetáculo de teatro de rua trata com humor e poesia temas pertinentes a todas as idades: a amizade, o respeito pelas diferenças, os medos e a incessante busca pela felicidade. A obra é inspirada em poemas de autores brasileiros como Sérgio Napp, Mário Quintana e Paulo Leminski. O elenco é composto pelos atores e músicos Diego Machado, Tomás Piccinini, Tiago Rigo e Vini Silva. Crionças teve duas indicações ao prêmio Tibicuera 2016.

  • 16h - Oficina - Cuidado Que Mancha

Grupo que se destaca pela música, pelo teatro, radioteatro e pela literatura para crianças. As montagens e produções para o universo infantil buscam uma sonoridade diferente, timbres inusitados e mistura de ritmos. Nos seus mais de 20 anos de existência já realizaram treze peças teatrais, dois espetáculos musicais, cinco ‘livros-cd’, dois livros, três discos, um programa de rádio e um DVD.

  • 17h - Corsários Inversos - Mosaico Cultural

Em tempos de guerra e paz, sem regras e sem pertencer a reinados ou a qualquer governo, transitam os Corsários Inversos, autênticos heróis fora da lei. Desbravadores da poesia e da percepção, eles navegam pelas almas saqueando os sentimentos em busca da sensibilidade por meio da troca. Com suas épicas estórias, a nau da trupe conduz o público ao além-mar da imaginação, dando novo significado ao cotidiano que passa despercebido ao olhar. O espetáculo é fruto do Prêmio Palco Habitasul, da Feira do Livro de Porto Alegre.

  • 18h - Flor da Vida - Mototóti

O Teatro Mototóti fala de sua própria jornada ao contar a história de dois palhaços que se encontram e buscam realizar seu grande sonho: fazer teatro! Provando dos sabores e dissabores da vida de casal, Charle’s Tone e Thalia Thaluda caminham juntos fazendo escolhas dia após dia, até que um incêndio arrebatador destrói tudo o que eles têm. Bem, quase tudo. Qual será o desfecho desses dois? Para onde eles foram quando pensavam já não ter mais para onde ir? Este é um momento de grande alquimia do grupo, que se vale a linguagem do palhaço para tocar o intangível e contar a história de amor, superação e perseverança e que em 2014 levou “Flor da Vida” a receber o Prêmio Funarte Artes na Rua 2013.

  • 19h - Baile dos Anastácio - Cooperativa Oigalê

Riograndino Anastácio e sua esposa Minuana desejam casar a filha, Maria Pampiana, e buscam um pretendente cujos dotes impulsionem os negócios da família. Parábola sobre a devastação ambiental e os jogos de interesses em torno da terra, a peça utiliza como metáfora o casamento arranjado que ignora o desejo da mulher. Um baile repleto de música, encontros, desencontros, peleias, danças e namoros, de forma divertida, dinâmica e bem humorada.

  • 20h - Caliban - A Tempestade de Augusto Boal - Ói Nóis Aqui Traveiz

Impulsionados pela ideia de que “somos todos Caliban”, a Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz propõe nesta encenação analisar criticamente a “tempestade” conservadora que sofre atualmente a América Latina, e, especialmente o grande retrocesso nos direitos sociais e na luta pela autonomia econômica, política e cultural que vivemos no Brasil. A encenação é criada a partir do texto “A Tempestade” de Boal. A Tribo, sem trair a sua vocação artística, quer com o seu teatro de rua instaurar a alegria e a indignação nos seus milhares de espectadores.

O Festival acontecerá dia 30 de abril, domingo no Parque Farroupilha/Redenção (no gramado central, próximo ao espelho d’água) e tem entrada franca.

Toda a área terá ambientação especialmente construída para o projeto. A ideia é que todos possam usufruir e ter um domingo mágico e que, além dos espetáculos, visitem as exposições de arte e poesia, a feirinha de alimentos orgânicos e entrem no clima que o festival propõe. O Arte no Parque integra um projeto super bacana patrocinado pela NET Claro, o “Vem pro Sul”, uma plataforma que inclui arte, esporte, cultura e lazer.

O eixo central deste novíssimo festival é reunir as artes num só espaço, com um viés comprometido com os novos tempos, que pedem posicionamento, sustentabilidade e acessibilidade. O objetivo é levar as artes cênicas para as ruas e colocar em pauta a inclusão, as questões de gênero, os cuidados com o meio ambiente e o fazer artístico nos dias atuais. O evento terá a duração de onze horas, das 11h às 22h, com uma estrutura de som e luz poderosa, que inclui geradores, moving light, e uma cobertura sonora completa em todos os espaços do evento.

Durante o festival serão aceitas doações de alimentos não-perecíveis, destinadas à Casa do Artista Rio-grandense e a Unidade de Triagem do Campo da Tuca estará orientando a população sobre o descarte dos mais variados resíduos.

Realização: Grupo Austral e Olelê Music

Apoio: Itapema FM RS e Mosaico Produtora Cultural

Patrocínio: Net e Claro Brasil

Financiamento: Pró-Cultura RS e Governo do Estado do Rio Grande do Sul

Programação fornecida pela produção/estabelecimento e sujeita à alteração. Confirme antes de sair de casa.

Horários
30/04/2017 (Domingo)
das 11h00 às 22h00
Parque Farroupilha - Redenção
Av. João Pessoa, s/n - Cidade Baixa
Porto Alegre, RS
90010-150
Brasil
abrir no GoogleMaps 51 3289 8304 website do passeio
Ingressos
gratuito
Idade recomendada
livre