A melhor mãe do mundo

avatar de Vivian Wrona Vainzof
Vivian Wrona Vainzof

- Sou a pessoa mais sortuda desse mundo, estou certa disso… Porque vocês são as crianças mais incríveis que já vi na vida! - dizia eu, um dia desses, para os meus filhos na hora de dormir.

- Mamãe, você não acha que todas as mães pensam assim?

A pergunta interrompeu meu suspiro e me pôs no chão. “E não é que ele, por ser tão incrivelmente esperto, sensível e claro nos seus pensamentos, tinha toda razão”? Admirar o meu filho mais velho relativizar as minhas certezas me fez terminar de suspirar…..

Toda noite, depois da história, na penumbra verde do abajur em forma de nave espacial, que clareia nossos abraços de boa noite, eu escuto as mais verdadeiras declarações de amor, sou a melhor mãe do mundo.

Mas o que é ser a melhor mãe do mundo? Pra quem eu posso ser a melhor? Melhor em quê, afinal?

Posso ser a melhor mãe para os meus filhos hoje. Mas não pode alguém ou alguma coisa ser perfeita sempre e para sempre.

Na hora da fome, do sono, dos ciúmes, das raivas, meus filhos não são nada incríveis. Mas me empenho para acolher seus erros, seus medos, suas falhas, seus descuidos, suas inquietudes, de peito aberto. Imagino que eles também perdoem as minhas impaciências e ansiedades, só porque essa é a única alternativa possível para que eu seja “a melhor” para eles.

Pensando no que é o melhor pra eles, a conversa das mães e pais quase sempre recai sobre a escola dos filhos.

Qual é a melhor escola da cidade, do Brasil ou do mundo? Acredito que o que faz uma escola ser melhor que outra, depende apenas de quem pergunta.

Se a melhor mãe do mundo existe no coração de cada filho, assim como os filhos mais incríveis nascem do olhar de cada mãe, a escola perfeita talvez também seja aquela que escolhemos com honestidade e respeito aos nossos valores e desejos. Aquela que escolhemos ser parceiros, que torcemos para dar muito certo, que protegemos e cuidamos, que acolhemos nos deslizes, vibramos nas conquistas, assim como fazemos com quem amamos. Nossas atitudes refletem nas crianças, e nossos exemplos são a maior fonte de aprendizado.

Mães, pais, avós, tios, cuidadores: vamos olhar, amparar e celebrar a infância dos filhos para que sejam, hoje, pessoas virtuosas. A principal responsabilidade pela sua educação continua na nossa mão.