A menina dos livros

avatar de Luciana Pinsky
Luciana Pinsky

Houve um tempo em que os livros eram todos manuscritos. Que não havia prensa e cada cópia era feita manualmente. Naquela época a relação com os livros era, obviamente, bem diferente. As poucas obras disponíveis eram guardadas em lugares inacessíveis para quase toda a população que, de resto, era em sua maioria analfabeta. Este tempo passou (ufa), Gutenberg inventou a prensa de tipos móveis no século XV, os livros passaram a ser publicados já com várias cópias. E das últimas décadas para cá, o processo de produção tornou-se quase todo digital e o valor da produção caiu bastante. Portanto, o acesso a livros é muito mais fácil. Quem não puder/quiser comprar livros, pode se associar a uma biblioteca e nela descobrir prazeres únicos. A menina dos livros tem na capa um livro com uma fechadura. Mas essa fechadura está escancarada para quem quiser se aventurar por histórias, as mais variadas histórias. Ela convida um menino – e todos nós – para mergulhar no mundo da imaginação. Além de lindo, o texto de diversas histórias clássicas é usado como ilustração, uma sacada genial da dupla Oliver Jeffers (o mesmo de “a volta dos gizes de cera”, já resenhado aqui) e Sam Winston. O livro ganhou o prêmio Bologna Ragazzi e acaba de ser lançado no Brasil.

A menina dos livros
Editora Pequena Zahar
Autoria e Ilustrações: Oliver Jeffers e Sam Winston
Tradução: (editora portuguesa) Presença editorial
40 páginas
Preço: R$ 49,90

Veja todas as dicas de literatura infantil da Luciana Pinsky em Ler com os pequenos.