Aplicando conceitos montessorianos no quarto infantil

avatar de Andrea Chapira
Andrea Chapira

Se você acompanha as tendências de decoração infantil, certamente já ouviu falar em quartos montessorianos. A pedagogia Montessori vai muito além do quarto, e é considerada uma filosofia de vida.

E você não precisa seguir tudo a risca para se beneficiar desse método. Vamos citar alguns dos conceitos que podem ser incorporados na sua casa:

  1. cama no “chão” ou baixinha. Desenvolve a autonomia do bebê ou da criança, pois permite que a mesma escolha quando quer entrar ou sair da cama sem auxilio do adulto.
  2. Brinquedos ao alcance da criança. A filosofia montessoriana sugere que sejam eleitos até 6 brinquedos para deixar disponíveis e de tempos em tempos, fazer rodizio com outros. Mais uma vez, isso permite que a criança tenha autonomia escolhendo com o que quer brincar, desenvolva senso de organização guardando o brinquedo e de concentração, pois não se distrai facilmente com tantas opções.
  3. Mantenha quadros e elementos decorativos na altura do olhar da criança, é importante que ela sinta que pertence ao ambiente.
  4. Se possível coloque um espelho (de preferência acrílico, pela segurança) onde a criança possa se ver de corpo inteiro e interagir. Esse é um momento de grandes descobertas e a criança passa a entender como ela é.
  5. Texturas e materiais naturais são mais indicados. Evite tecidos sintéticos como tapetes de e.v.a. que são altamente tóxicos.

O quarto montessoriano deve se adaptar à medida que a criança cresce, sempre trazendo novos estímulos e novidades.

Algumas sugestões de lojas bacanas com móveis montessorianos: Tato, Caju, Ueh Design e Hello Decor.

Lembre-se que o quarto é o mundinho deles e é o local da casa onde podem e devem se locomover livremente, brincar e sentir-se 100% acolhidos, sempre com segurança.

por Andrea Chapira em colunas, decoração infantil.

Andrea Chapira é arquiteta formada pela Faculdade Belas Artes de São Paulo; cursou também design de interiores na Escola Panamericana de Artes. Trabalhou em conceituados escritórios de arquitetura e, após a experiência da maternidade, decidiu associar profissionalmente suas duas grandes paixões: o design e o universo infantil.
Há 4 anos fundou a Uêbaa Design, um escritório de arquitetura de interiores especializado em projetos que oferecem conforto, segurança e beleza, além de favorecer o desenvolvimento infantil. Desenvolve ainda uma linha de produtos próprios voltados para a decoração e mobiliário de quartos para crianças.