O pote vazio

avatar de Luciana Pinsky
Luciana Pinsky

Você já plantou uma semente em uma terra fértil, regou e viu nascer uma mudinha ou uma flor? A vida – qualquer uma – tem um quê de milagre (semente + terra + água = muda; óvulo + espermatozoide + barriga = bebê, e etc) e saber que a semente vingou é emocionante. O que fazer, então, se o resultado desse cultivo pode ser o passaporte para governar um império? Mas… e se o trabalho feito com afinco não rendesse nem um caule? É isso que acontece com o menino Ping. Junto com todas as crianças do reino, ele ganhou do imperador uma semente especial que deveria ser cultivada por um ano. Quem provasse ter feito o melhor possível nesse período seria aclamado sucessor do imperador. Ping trabalhou muito e tentou de todas as formas, mas a semente não vingou. No grande dia, viu vasos com flores belíssimas ao lado do seu, vazio. E aí? Como apresentar-se assim? Esse belo livro que remete à sabedoria oriental pode ser lido a partir dos 4 anos. Mas vale reapresentar às crianças mais velhas.

O pote vazio
Editora Martins Fontes – selo Martins
Autoria e ilustração Demi
Tradução (do inglês): Monica Stalhel
36 páginas
R$ 44

Veja todas as dicas de literatura infantil da Luciana Pinsky em Ler com os pequenos.

por Luciana Pinsky em colunas, ler com os pequenos.

Semanalmente Luciana Pinsky* dá dicas de livros para ler com os pequenos. É jornalista, editora da Contexto e escritora (autora do romance Sujeito oculto e demais graças do amor e do blog http://lucianapinsky.blogspot.com/ ). Cresceu cercada de livros e seus dois filhos apalpam, folheiam, escutam, veem e leem pequenas e grandes obras todos os dias.