Viagem com crianças para a Islândia (no verão!)

Erica Fridman Stul
Foto: Erica Fridman Stul
Snowmobile (Foto: Erica Fridman Stul)


A Islândia (Iceland) é um destino incrível e ainda pouco conhecido para viajar com crianças. Com paisagens muito diferentes e inúmeras atrações, elas piram ao verem ao vivo muitas das coisas que aprenderam na escola. As atividades são das mais variadas: ver e entrar dentro de um vulcão, observar a explosão de geysers (fontes de água quente aquecida pelo magma), andar sobre geleiras, fazer um passeio de barco por uma lagoa cheia de icebergs, entrar em um túnel feito pela lava, andar sobre campos de lava, passear por praias de areia preta (inclusive com a possibilidade de encontrar uma foca no meio do caminho), pegar um barco para ver baleias, tomar banho em rios e lagoas de água quente, passar por trás de uma cachoeira incrível, andar de snowmobile em um glacial e depois entrar em um túnel de gelo, ver puffins (uma mistura de pinguim com pato que só tem lá) e muito mais.

Península Snaefellsnes, inspiração para o clássico Viagem ao Centro da Terra de Julio Verne (Foto: EFS)
Península Snaefellsnes, inspiração para o clássico Viagem ao Centro da Terra de Julio Verne (Foto: Erica Fridman Stul)


Passei 10 dias incríveis por lá com minhas filhas, de 8 e 10 anos. Divido aqui algumas dicas:

O que levar em consideração para decidir se é uma viagem adequada para a idade de seus filhos:

  • O carro era nosso melhor amigo, rodamos quase 2.000km e, apesar das paradas, as crianças ficavam um pouco impacientes
  • Alguns passeios tem idade mínima (normalmente 8 anos mas alguns são para 10)
  • A viagem é contemplativa, de natureza e alguns locais demandam atenção redobrada dos pais. Por exemplo, entre os turistas e uma cachoeira de 50 metros, há apenas uma cordinha à 30 cm do chão
  • Os hotéis da região, inclusive os mais bem avaliados, são simples - não espere luxo


As crianças amaram:

  • Blue Lagoon: um dos ícones do turismo da Islândia, uma lagoa no meio do campo de lava. É super turístico mas as crianças amaram.
  • Whale Watching: passeios de barco para ver as baleias, no caminho dá para ver os famosos puffins também.
  • Geysier: muito divertido para elas, principalmente quando eles explodem
  • Ice Tunnel: túnel de gelo feito dentro do glacial
  • Snowmobile ride: andar de snowmobile no glacial
  • Lagoa de Icebergs: passeio de barco na lagoa Praias de areia vulcânica Cachoeiras
  • Lava Tunnel: Tunel feito pela lava, tem visitas guiadas
Geysiers (Foto: EFS)
Geysiers (Foto: EFS)
Lago de Icebergs (Foto: EFS)
Lagoa de Icebergs Jokulsarlon (Foto: EFS)

Porque no verão: muitas estradas fecham por conta das tempestades de neve, isolando cidades e atrações. Guiar por conta própria nestas condições é mais difícil e a baixíssima temperatura é um incomodo para os pequenos e todos que não estão habituados ao frio extremo.

Outras dicas:

  • Reservar os hotéis com muita antecedência pois não tem muitas opções, principalmente fora da capital
  • Fazer o seguro completo do carro alugado, apesar das estradas serem ótimas você pode enfrentar tempestades de areia que arranham a lataria ou mesmo uma pequena pedra pode bater no seu vidro (aconteceu conosco e vimos mais um carro com vidro rachado)
  • Planejar o roteiro com carinho para aproveitar ao máximo as atrações próximas da área que você irá visitar, nós não fizemos nenhum passeio com agencia de turismo, mas se você não gosta, ou não se sente confortável em dirigir pode ser uma alternativa
  • Utilizar Reykjavik como base para diversos passeios de um dia Reykjavík, aeroporto RKV com voos diretos de Londres (3 horas) e Nova Iorque (5 horas)
  • Priorizar o Google Maps, que foi muito mais eficiente do que o GPS e havia sinal em quase todos os pontos da ilha

Fontes de informações e inspiração: