João Campello

Projeto Sementes realiza vivência ambiental nos parques

No próximo domingo (16), o projeto “Sementes nos Parques” vai estar no Jardim Botânico de Brasília, a partir das 11h.

O projeto discute a conscientização ecológica de forma lúdica e divertida para crianças e adultos.

O encontro deste fim de semana é ainda mais especial porque coincide com a “Semana do Cerrado”, bioma ameaçado.

A atriz e criadora da peça Caísa Tibúrcio, conta que o espetáculo fala sobre as possíveis sementes da vida, das organizações, dos desejos, dos sonhos, da arte.

Após as apresentações, as crianças participam de uma vivência ambiental com plantação de sementes de jatobá (planta típica do Centro-Oeste).

A preocupação com o meio ambiente está presente até no material de divulgação impresso, confeccionado também com papel biodegradável e com sementes incrustradas. Isso significa que o folder com toda a programação pode ser plantado e dar lugar a uma linda margarida ou a um pé de cenoura. Já a cartilha de educação ambiental será impressa em papel reciclado. Haverá também coleta de lixo e resíduos produzidos durante as apresentações e oficinas.

A vivência ambiental vem ocorrendo desde o dia 12 agosto em diversos parques do Distrito Federal, sempre aos domingos, para crianças a partir dos quatro anos de idade. A temporada de apresentações segue até 30 de setembro.

Veja a agenda do Projeto Sementes:

  • 16 de setembro - Jardim Botânico de Brasília (Lago Sul)
  • 23 de setembro- Parque da Cidade (Plano Piloto)
  • 30 de setembro - Parque Saburo Onoyama (Taguatinga)

Sobre Caísa Tibúrcio

É bacharel e mestre em Artes Cênicas pela Universidade de Brasília. Fez curso técnico de canto, na Escola de Música de Brasília, e de pandeiro, percussão, flauta transversal e acordeom, na Escola de Choro de Brasília Rafael Rabello.

Como diretora teatral, realizou o “Concerto à céu aberto para solos de aves”, intervenção urbana inspirada na obra do poeta Manoel de Barros, laureado com o Prêmio FUNARTE, na categoria melhor montagem. Dirigiu ainda o “Presépio de Hilaridade Humanas”, que realizou circulação nacional pelo Palco Giratório/SESC, em 2000. Foi integrante do grupo de teatro “Esquadrão da Vida” de 2007 a 2010.

Atualmente é atriz de “Achadouros – Teatro para bebês e primeira infância”, ganhador do Prêmio SESC Brasília 2015 na categoria de melhor espetáculo infantil, com circulação por vários estados do Brasil. Recentemente, estreou como atriz na peça para adultos “CRIA”, dirigido por Ana Flávia Garcia. É também a palhaça Ananica em espetáculos como “Lorota de palhaças” e no solo “Sementes: quando o sonhadário germina”, de sua autoria e indicado para o Prêmio SESC de Teatro Candango como melhor espetáculo infantil, em 2016.

Programação fornecida pela produção/estabelecimento e sujeita à alteração. Confirme antes de sair de casa.

Horários
de 09/09/2018 a 30/09/2018
Dom
11h00
website do passeio
Valores
R$ grátis
Idade recomendada
de 2 a 5 anos
de 5 a 9 anos