Qual o melhor plano de saúde para a minha família?

avatar de Natasha Skipka
Natasha Skipka

A escolha do plano de saúde requer uma investigação profunda sobre os hábitos da família com relação à utilização.Para começar, é muito importante levar em conta os hospitais que vocês costumam utilizar. Seja bem racional neste momento. Se você mora perto de determinado hospital e é lá que vai sempre que precisa, não tem por que exigir que seu plano contemple outros tantos recursos que você não usa e que vão pesar na conta.

Laboratórios também são muito importantes na escolha. Verifique aquele mais completo, que você gosta e que oferece as comodidades que você precisa. Geralmente as Operadoras credenciam todas as unidades de um laboratório, o que garante uma enorme capilaridade e evita que você precise percorrer grandes distâncias para ser atendido.

Com relação aos médicos, vela a pena checar se aqueles que vocês usam com mais frequência fazem parte da rede credenciada do plano. Caso não, verifique os valores de reembolso para entender se vale a pena recorrer a esse recurso. Faça contas antes de tomar qualquer decisão!

Outro ponto que você deve avaliar é com relação às carências. Acho sempre arriscado ter que cumprir carências quando temos filhos pequenos, por isso, opte por Operadoras que comprem as carências do seu plano atual. Isso dá uma enorme tranquilidade pois garante que você terá atendimento completo desde a vigência do contrato.

Algumas operadoras oferecem coberturas adicionais ao Rol da ANS*e que podem agregar muito valor ao atendimento:

  • Vacinas – Se você tem filhos pequenos, essa cobertura é bem interessante. Todas as vacinas que estão no calendário do Ministério da Saúde cobertas em clínicas particulares!
  • Teleatendimento – Médico por vídeo chamada. Boa alternativa para não ter que levar as crianças a Pronto Socorros que vivem cheios e representam sempre um risco para os pequenos quem estão com imunidade baixa.
  • Cobertura Internacional – Seguro viagem embutido no seu plano.
  • Plano Odontológico – Cobertura bem ampla, alguns inclusive com ortodontia.

Importante ressaltar que todos os benefícios valem a pena se você realmente for utilizá-los! Lembre-se que quanto mais adereços você colocar no seu plano, maior será o custo mensal. Faça contas!!! Sugiro também que antes de assinar o contrato, verifique se a operadora tem bons indicadores, baixo índice de reclamação na ANS. Converse com seus amigos para pegar referências e escolha um corretor bem preparado que possa te orientar sobre todos os aspectos da contratação.

* Conjunto de procedimentos obrigatórios

Leia também: Dicas para contratar um plano de saúde para a minha família