AquaRio recebe animais da Ilha da Trindade, arquipélago mais isolado do país

raquelkuhn

O AquaRio, maior aquário de animais marinhos da América do Sul, ganha um novo recinto a partir de hoje (31). O espaço passa a abrigar 60 peixes da espécies Cangulo-negro ou Purfa (Melichthys niger) e 10 Garoupeta (Cephalopholis fulva) encontradas na Ilha da Trindade (ES) – uma das maiores reservas marinhas do Oceânico Atlântico. Junto a eles, outros animais característicos da região – que já moravam no aquário, não vieram da Ilha – passam a abrigar o espaço, totalizando 135 peixes.

De acordo com Marcelo Szpilman, diretor-presidente do AquaRio, ter esses animais no AquaRio será uma ótima experiência para todos. “A Ilha da Trindade é o arquipélago mais isolado do país e nós tivemos a chance de ir até lá. É um lugar lindo, protegido pela Marinha, e achamos que todo mundo deveria conhecer mais”, disse ele, que explicou sobre as escolhas dos animais. “Queríamos trazer espécies características de lá. O Purfa, por exemplo, só existe em ilhas oceânicas e é muito abundante por lá. Iremos aproveitar a oportunidade e realizar pesquisas, estudar mais sobre comportamento, alimentação e reprodução desses nossos novos moradores”, contou.

Idealizada pela associação RUMAR - Rumo ao Mar, a iniciativa é uma parceria do AquaRio com a Marinha do Brasil. Inaugurado em 2016, o aquário do Rio conta hoje com 28 tanques, o que totaliza 4,5 milhões de litros de água salgada e mais de cinco mil animais de 350 diferentes espécies.

* Ficou curioso? Leia mais sobre o AquaRio!