Le Canton: um pedaço da Suíça na serra carioca

Raquel Pereira

Considerado o maior resort de serra do estado do Rio, não é à toa que o hotel Le Canton atrai tantas famílias com crianças em qualquer época do ano. O imenso gramado verde, a arquitetura encantadora, a farta opção gastronômica e a extensa programação infantil para todas as idades realmente são atrativos para ninguém botar defeito. A impressão que tivemos é que tudo foi projetado para ser o melhor refúgio independente se a visita for no verão ou inverno.

Localizado entre Teresópolis e Nova Friburgo, a aproximadamente duas horas do Rio, o Le Canton é dividido em três tipos de hospedagem: Village, Magique e Fazenda Suíça. Mas, enfim, qual é a diferença e qual é a melhor? Boa pergunta! Enquanto o primeiro está localizado na área mais central, próximo ao Spa (L´Occitane, uma delícia por sinal!) e ao parque aquático, o Magique é coladinho ao centro de lazer e recreação e é ideal para quem quer ficar perto do Parc Magique (além do grande diferencial de ter acesso gratuito e ilimitado ao local!). A outra opção, a Fazenda Suíça, é praticamente à parte. Mais longe dos demais, o hotel oferece transfer para as outras áreas justamente por ser mais distante de tudo - mas dentro da Fazendinha, um chamariz para os pequeninos. Em compensação, tem seu próprio restaurante e piscina exclusiva, além de academia própria e kid´s club.

Independente da escolha de hotel, uma coisa é certa: a diversão está garantida. Tem fazendinha com direito a interação com os bichinhos e passeio de pônei, quadras esportivas, duas piscinas climatizadas ao ar livre, tirolesa, arena de paintball e amplo espaço kids com monitores para os menorzinhos. Destaque para o Canton Ville, um local dedicado à diversão que fica dentro da área do hotel e abriga um grande parque, uma pista indoor de boias canadenses, lago de pescaria e arena de paintball. Tudo pago, mas que vale a pena a visita e o investimento. E o melhor: é aberto ao público, portanto mesmo quem não está hospedado pode brincar por lá.

Engana-se quem pensa que o empreendimento só é queridinho das crianças. Música ao vivo nos bares, salão de sinuca, atividades de mountain bike, arvorismo, tirolesa, boliche e arco e flecha também
são algumas das atrações oferecidas por lá para os crescidos. Castelo medieval? Tem também! O complexo abriga uma incrível réplica que por si só já encanta os hóspedes, que ficam ainda mais impressionados ao descobrirem - depois de subirem muitas escadas, diga-se de passagem - que ainda é possível encontrar jogos eletrônicos e videogame, pistas de boliche, piscina de bolinhas e brinquedão lá dentro. O horário é reduzido (segunda a quinta, das 16h às 23h; sextas, das 16h às 0h; sábados, das 15h às 0h; e domingos, das 11h às 21h), o que faz de lá um dos lugares mais aguardados pelas crianças!

Ah, fique de olho! O hotel promove diversos eventos ao longo do ano. O bora.aí aproveitou o animado arraiá. A tradicional festa junina acontece em todos os fins de semana de junho e vale muito a pena. Se a gente pudesse resumir, uma missão impossível, apenas seria: vá e aproveite cada (delicioso) cantinho!

Valores:

- A diária em baixa estação para dois adultos e duas crianças de até 12 anos sai a partir de R$ 1168 + taxas (12%) na Fazenda Suíça e a partir de R$ 1250 + taxas (12%) no Hotel Village Le Canton.

- O hotel oferece sistema de day & night use. Os valores para adultos são R$ 242 (fins de semana, feriados e alta temporada) e R$ 165 (segunda a quinta), já para crianças de 5 a 12 anos sai por R$ 121 (fins de semana, feriados e alta temporada) e R$ 82,50 (segunda a quinta). Em todos os casos há taxa de 12%. Saiba mais aqui.

- Todo apartamento em que pelo menos um dos ocupantes tiver acima de 60 anos, será concedido desconto de 20% nas diárias de domingo a quinta-feira. Não válido para feriados, pacotes especiais e alta
temporada.

* O bora.aí viajou a convite do hotel, mas as opiniões são estritamente pessoais.