Amigos imaginários do útero cósmico

avatar de Maria Manuela Moog
Maria Manuela Moog

Seu filho ou filha tem um amigo imaginário? Sei que para muitos pais e especialistas isto pode soar como algo preocupante.
“Minha filha está sendo excluída pelos amiguinhos?”
“Não seria melhor meu filho ter só amigos ‘de verdade’?”

A interação entre pares é um aspecto super importante para o aprendizado e saúde mental dos seres humanos - espécie altamente social. Em tempos de pandemia em que as crianças estão mais isoladas, com escolas fechando novamente, refazer essa pergunta seria uma boa ideia. Afinal, ter amigos imaginários é algo de outro mundo?

A jovem artista plástica JooYoung Choi diria que sim! Ela é reconhecida pelos seus muito amigos imaginários. Ela faz uso de diversos recursos para construir todo um universo que ela chama de “Cosmic Womb” (Útero Cósmico) cujo lema é “Tenha fé pois você sempre será amada”.

Choi nasceu na Coreia do Sul e foi adotada por uma família Americana. Quando mais velha, conheceu seus pais biológicos e esse reencontro impulsionou todo esse mundo místico onde ela pode depositar suas tristeza, angústias e dúvidas, assim como encontrar conforto, alegrias e esperança.

A artista constrói cenários virtuais, costura fantasias à mão e cria várias histórias para todos seus amigos e para si mesma. JooYoung Choi diz que ter um amigo imaginário parece ser algo que “abrimos mão ao longo do tempo” mas defende que a “imaginação deve sempre ser nossa amiga”.

A artista estimula a criação de amigos imaginários e incentiva as pessoas a darem tangibilidade a eles, seja na forma de fantoches, desenho em papelão, bonecos de massinha, bonecos virtuais, ou que mais recursos e desejos de cada um permite explorar. Este amigo tem nome, uma história, habilidades, outros amigos e toda uma qualidade especial! Que tal fazer um boneco com uma boca muito grande capaz de “comer sentimentos ruins”? Até mesmo um amigo imaginário que aparece a noite e tem um rabo peludo capaz de espantar todos os monstros debaixo da cama? Ou quem sabe um amigo com pernas muito compridas que pode te fazer companhia em longas caminhadas ao ar livre?

Não precisa ter uma história de vida igual a de Joo Young Choi, nem mesmo chamar atenção às coisas ruins que estão acontecendo. Basta este desejo de agregar e imaginar.

Afinal, todos concordamos que tudo fica mais gostoso quando temos amigos por perto!

Para ver entrevista e ideia da atividade na íntegra acessar: https://www.pbs.org/video/imaginary-friend-jooyoung-choi-vk8npm/

por Maria Manuela Moog em colunas, diversos, arte e Percepção.

Maria Manuela Moog é graduada em Artes Cênicas, pós-graduada em Arte e Filosofia pela PUC-Rio e atualmente cursa o Mestrado na Universidade Nova de Lisboa. Se encantou pelo universo artístico aos sete anos quando interpretou um duende na peça de teatro da escola, e desde então é uma operária da arte. Acredita que pessoas interessadas são pessoas interessantes e a melhor forma de absorver experiências é pelo afeto. Por isso, procura criar e fomentar arte em todas as esferas.