Atividades educativas e gratuitas na Rede Museu da Energia

Vanessa Skilnik

As atividades presenciais da Rede Museu da Energia estão temporariamente paralisadas, mas a equipe do educativo preparou um conteúdo gratuito para pais e filhos nas redes sociais da instituição (Facebook , YouTube e Instagram).

Com experimentos científicos, vídeos e muita informação, a instituição busca mostrar a importância da preservação da história e dos recursos naturais. Lá o público vai aprender mais sobre o futuro da água e energia, refletir sobre o consumo consciente através da indicação de livros e documentários, além de curiosidades e sugestões de brincadeiras para serem praticadas dentro de casa - não deixe de conferir o documentário que traz informações sobre o aproveitamento da energia solar e as dificuldades enfrentadas para sua consolidação no país.

As redes sociais do Museu são constantemente atualizados, com atividades que vão desde tour virtuais pelas unidades, até peças teatrais, shows musicais e palestras.

Em fevereiro, foi lançada a websérie “Quem foi Dona Ignácia?”. Com vídeos curtos e de linguagem acessível, uma atriz interpreta Ignácia Joaquina Correia Pacheco, que foi uma das poucas mulheres empreendedoras no século XIX. O casarão em que ela morou, em Itu, hoje abriga a unidade do Museu da Energia na cidade e também é o cenário da websérie.

Outro serviço on-line disponibilizado pelo Museu é a consulta ao acervo virtual. Aberto a pesquisadores e curiosos, traz clippings, documentos e outros materiais, que mostra como foi o desenvolvimento de São Paulo, desde a chegada da energia no estado.

Criada em 1998, a Fundação Energia e Saneamento pesquisa, preserva e divulga o patrimônio histórico e cultural dos setores de energia e de saneamento ambiental. Atuando em várias regiões do Estado de São Paulo por meio da Rede Museu da Energia (São Paulo, Itu e Salesópolis) e do Núcleo de Documentação e Pesquisa, realiza ações culturais e educativas que reforçam conceitos de cidadania e incentivam o uso responsável de recursos naturais, trabalhando nos eixos de história, ciência, tecnologia e meio ambiente.