Horta Comunitária no Centro Cultural São Paulo (CCSP)

avatar de Renata Portenoy
Renata Portenoy

Dando continuidade ao último post dessa coluna (”Horta e aquário no supermercado!”), ainda estou pensando nas férias das crianças. E nas hortas, claro. As hortas coletivas, ou comunitárias, como também são conhecidas, estão pipocando pelo país.

Que tal visitar uma delas e ainda fazer um programa cultural com as crianças?

Realizada em parceria com a rede Hortelões Urbanos e como parte do dispositivo Centro Cultural - Seu Próprio, a Horta Comunitária no CCSP é cultivada com o objetivo de produzir alimentos de qualidade e ampliar a relação entre o Centro Cultural São Paulo e seus frequentadores.

Localizada nos andares superiores do Centro Cultural, a horta é cuidada, principalmente, por moradores da região do Paraíso, mas aceita participantes de todos os lugares sem necessidade de inscrição.

Os mutirões de manutenção da horta orgânica acontecem em ambiente colaborativo, a partir de práticas agroecológicas de cultivo. Veja as datas dos mutirões no site do CCSP ou nas redes sociais.

E, claro, já que estaremos no CCSP para visitar a horta, vamos aproveitar para fazer uma atividade cultural (veja a programação completa no site).

Vá de bike ou de metrô!

O Centro Cultural São Paulo não possui estacionamento para carros, porem tem uma ciclovia na porta, que percorre boa parte da rua Vergueiro. O Centro disponibiliza 28 vagas no bicicletário interno, todos os dias, das 9h às 22h. Leve sua própria corrente. De metrô, descer na estação Vergueiro – Linha 1-Azul. A estação é ao lado do CCSP.

Feliz novo ano, com boas colheitas!

por Renata Portenoy em colunas, Cidadania e Sustentabilidade.

Brasileira. Mãe de dois garotos uruguaios, Shir e Guily (10 e 7 anos). Esposa de um argentino. Ou seja, bagunça latino-americana na própria casa. Arquiteta e Urbanista, mestre em Gestão e Educação Ambiental, valoriza muito a qualidade de vida na cidade e o uso consciente dos recursos naturais. Curte andar a pé e de bike. Pratica ioga e gosta de nadar. Cultiva hortas orgânicas para si e para os outros. É apaixonada por arte, cinema, livros e ama viajar sozinha ou com a família.