Livro infantil: Uma história de futebol

avatar de Luciana Pinsky
Luciana Pinsky

​Esta coluna não será uma resenha da obra “Uma história de futebol” de José Roberto Torero. Em vez disso, entrevisto um leitor da obra, o T.P.C.

O T.P.C. estava naquele momento de tédio, tão comum em garotos de 9 anos, quando pus o livro em sua frente. “Você vai ler para mim?”, pediu. Eu sugeri que lesse sozinho, ao menos uma página. Ele concordou. E foi até a última em um fôlego só.

Com a palavra, T.P.C:

Por que você continuou a ler este livro até o fim?
Porque já na segunda página vi que alguém chamava Azeitona. Achei muito hilário e continuei.

Quem conta a história?
O Zuza. Um menino que tem cerca de 11, 12 anos.

Qual é a trama do livro?
Zuza é um menino que tem uma turma divertida. Ele gosta muito de futebol, mas não joga nada bem. Ainda assim, joga em um time e os companheiros gostam dele. O livro narra a história de um campeonato em que o time deles participa. Fala dos jogos e vai contando sobre os personagens, tanto do time, quanto aqueles próximos ao Zuza.

Você falou do Azeitona. Há vários personagens com apelidos?
Sim, o time é repleto de apelidos: Tom Mix, Espaguete, Veludo, Bala, Arigatô, os gêmeos Cosme e Damião, Dico e Pé de cabra.

Algum amigo continuou no futebol?
Sim, um deles será um jogador muito, muito famoso.

O livro tem tramas paralelas. O pai tem algum segredo?
Tem, mas não vou contar. Só vai saber quem ler. Mas faz toda a diferença na vida do Zuza.

Por que você gostou do livro?
Porque ele fala de uma aventura de um cara comum, que adora futebol (mas joga mal) e tem uma turma legal e muita coisa acontece.

Você recomendaria este livro para seus amigos?
Sim, para alguns.

Serviço:
Uma história de futebol
Editora Companhia das Letrinhas (grupo Cia das Letras)
Autoria: José Roberto Torero
Ilustração: Cássio Loredano
88 páginas
R$ 34,32