Londres, onde ir com as crianças

Andrea Piazza

Férias em Londres “é tudo de bom”! Além de linda e agradável, a cidade tem um monte de passeios super legais para fazer com as crianças. Vão faltar dias, ou quem sabe você se programa para ir várias vezes!

As principais atrações na cidade são a London Eye (roda gigante), o Museu de

The clock tower of Big Ben at dusk. The north ...
The clock tower of Big Ben at dusk. The north end of the Houses of Parliament London, with The London Eye in the backgound. (Photo credit: Wikipedia)

História Natural, o Museu de Ciências, a Torre de Londres, a Tower Bridge, o British Museum, a Catedral de Westminster, o Big Ben, o Palácio de Buckingham e claro, se der tempo os diversos parques da cidade. O ideal é se organizar para aproveitar os arredores de cada atração. Se puder, e o tempo permitir, comece a visita nos ônibus panorâmicos para ter uma visão geral da cidade.

Os museus de História Natural e de Ciências ficam no mesmo quarteirão, em Kensington, mas se você for visitar os dois no mesmo dia, reserve meio dia para cada um. O de História Natural fica num prédio lindo e a exposição de dinossauros é muito legal. Tem réplicas em tamanho natural animadas, os meninos sempre adoram. No de Ciências não deixe de ver o pavilhão térreo, onde ficam a Apolo 13 e vários exemplarer incríveis de engenharia, nem a parte interativa, onde as crianças podem experimentar várias coisas como num grande playground científico. Eles gostam tanto que são capazes de ficar horas por lá.

Quando for a Torre de Londres, não deixe de ver as jóias da rainha, em tempos de Minecraft, as crianças adoram ver pedras preciosas de verdade, e lá poderão ver o maior diamante do mundo. Fica na White Tower. Passear pelas diversas torres e muralhas e ver os escritos dos prisoneiros e os imponentes portões de ferro também é fascinante. A câmara de tortura também é interessante e claro, os corvos que moram na praça central. Lindos, negros, você só vai ver lá!

Uma boa pedida é depois da Torre ir até a Tower Bridge. Do outro lado do Rio tem opções legais para refeições com vista para a Torre de Londres, próximo ao bonito prédio da prefeitura. Se for verão e seus filhos forem pequenos vão passar um tempo entretido com os divertidos esguichos de água que saem do piso na praça ao lado da prefeitura. Também próximo fica a Oxo Tower, e o restaurante no último andar tem uma comida deliciosa com linda vista para a cidade.

Um pouco mais adiante, ainda do outro lado do Tâmisa, fica a London Eye, mas para subir você precisa se programar e comprar com antecedência porque as filas são muito grandes. Próximo a London Eye, se você estiver cansado de andar, pode dar uma paradinha no Aquário de Londres. Não é dos melhores, mas agrada a criançada. Você pode combinar a roda gigante com um passeio pelos arredores, indo até o Big Ben e a Catedral de Westminster. A Catedral é um local histórico interessante pois lá foram coroados todos os reis da Inglaterra. Também lá estão os restos mortais de Shakespeare, Newton, Dante e muito outros personagens importantes da história. Pode ser interessante dependendo da idade das criancas.

O British Museum é um passeio para um dia inteiro, mas você pode focar em assuntos que agradam em cheio os pequenos curiosos de plantão como a sessão do Egito e suas múmias. E finalmente o Palácio de Buckingham, que em geral não pode ser visitado, a não ser alguns pouco cômodos quando a Rainha está fora da cidade, tem como prinicipal atração a troca da guarda. Mas atenção aos horários e se quiser realmente ver, vá bem antes porque uma multidão costuma se aglomerar nos portões.

Londres tem muitos parques agradáveis. E se você for no verão, pode ser uma boa pedida. No Hide Park, fica a Serpentine Gallery, onde todos os anos um arquiteto famoso monta um pavilhão para shows e concertos. Vi o do Frank Gherry em 2009 e amei!

Outras coisas interessantes: andar no metrô - The tube, mas prepare-se para as intermináveis escadas e evite trechos muito longos porque as crianças cansam; subir até a cúpula de Saint Paul (só para maiores); tomar chá em Trafalgar Square “junto com Admiral Nelson”; ir a um autêntico Pub; ver um musical, ir até Covent Garden (tem um Le Pain Quotidien lá se precisar fazer um lanche!), Picadilly Circus; a maravilhosa Tate Modern; Shakespeare Globe. Enfim, dá para ir muitas vezes e voltar várias outras. Tem sempre muita coisa para fazer por lá.

E mesmo numa viagem só de passseio você pode fazer comprinhas legais a cada esquina. Nas lojinhas dos museus, tem ótimos livros, kits e experimentos que as crianças vão adorar. Tem Gap para qualquer emergência e também a sessão infantil da H&M, a “Zara sueca”. Só não deixe de passar na Hamleys, a loja de brinquedos mais bonita do mundo! Em plena Oxford Street, que aliás tem ótimas lojas de departamentos e de rua. Se tiver um tempinho dê uma esticadinha até a Harolds, um luxo só. Para os fãs de futebol tem a mega store do Chelsea em Stanford Bridge, onde fica o estádio, além do tour no estádio e o museu. Tem também o estádio do Arsenal, Emirates Stadium.

Arredores de Londres tem o Legoland, em Windsor a 15 minutos de Heathrow, e os estúdios do Harry Potter. Imperdíveis! Legoland é um parque onde tudo é feito de Lego, tem uma mini cidade no centro, atrações tradicionais como um “river rapids” temático e a montanha russa do castelo do dragão e outras bem originais como oficinas para montar carrinhos e apostar corridas e até um garimpo. Diversão garantida para crianças até 10 anos (os brinquedos são bem tranquilos, nada radical) e para adultos que adoram ver o mundo em baixa definição. Se for durante o verão, evite os finais de semana porque fica bem cheio.

Já a ida aos estúdios do Harry Potter precisa ser agendada e ingressos comprados com antecedência. Reserve umas 3 horas para a visita, além da ida e volta, pois fica a uns 40 minutos de carro do Centro. O passeio é fascinante já nos primeiros minutos quando os visitantes são convidados a entrar na sala de refeições de Hogwarts. Você vai ver também o quarto embaixo da escada, o ônibus, a casa dos tios do Harry, a sala de poções, a ponte, enfim, os cenários originais usados para as filmagens. Impossível não gostar.

Não importa em que estação do ano você vá, sempre pode chover, leve capa de chuva ou casaco impermeável. Já passei um verão lá com chuva e temperatura em torno dos 16 graus. E no último inverno pegamos até um pouco de neve, com chuva, claro. Mas tem aqueles dias lindos de sol, com sorte!

E para quem resolver combinar com Paris de trem, uma dica: vá de Londres para Paris porque a estação de Saint Pancras é ótima mas a Gare du Nord nem tanto, bem mais confortável embarcar em Londres do que em Paris.

Bora aí!