O começo de tudo

avatar de Elisa Roorda
Elisa Roorda

​Meu mundo virou de cabeça pra baixo há quase onze anos atrás, quando nasceu minha primeira filha, Nina. Achei que tudo fosse continuar igual, com a diferença de que iria ter uma parceirinha para todos os meus programas: yoga, bike, viagens e festas. Eu não tinha nenhuma referência de pais com filhos pequenos. Fui a primeira da minha turma a ter filhos e logo percebi que nada seria igual a partir daquele momento. Nem corpo, nem amigos, nem prioridades, nem vontades. Tudo estava sendo revisto! Sentia que não me encaixava mais onde eu estava e que ninguém me entendia. Até porque naquela época eram poucas as declarações reais de mães que falavam o quanto podia ser difícil a maternidade. Além de maravilhosa, claro! Tudo junto ao mesmo tempo.

Então larguei trabalho, alguns amigos, desisti de alguns planos antigos e fui ser mãe. Decidi que queria estar muito presente na vida da minha filha. E como eu aprendia com aquele serzinho tão pequeno! Então de repente este mundo me engoliu. Comecei a pesquisar sobre a maternidade, a infância e tomei a coragem de construir um lugar com o qual eu sonhava para aquele momento. Um lugar onde todas as mães e pais pudessem se encontrar e se conectar entre eles e com seus filhos. Um oásis no meio da vida louca de São Paulo. E assim nasceu o Mamusca, um espaço de encontro e de muita mágica, que me preencheu por tantos anos.

Com o passar dos anos, o Mamusca também me engoliu e entrei em um ritmo que eu disse que não gostaria de entrar nunca mais. E o meu tempo com minhas filhas (porque a esta altura a Sofia também já existia) começou a ficar curto. Eu não conseguia mais ter tanta presença na vida delas, tinha pressa pra tudo e senti que apesar de estar contribuindo para tantas famílias, para mim aquela vida já não estava fazendo sentindo. Foi aí que entrei novamente em um processo profundo. Precisava desapegar e abrir espaço para um novo bebê que chegava, o Martin. Vendi o Mamusca para pessoas maravilhosas e competentes que continuam o trabalho lindo que sempre sonhei até hoje. E resolvi colocar em prática um plano antigo, que só não acontecia porque demorei uns cinco anos para convencer meu marido de que era algo possível ;-)

Resolvemos dar uma pausa na vida que estávamos vivendo e viajar o mundo com a família toda por seis meses. Com alguns destinos definidos e outros não, para dar espaço para o que a vida pode nos trazer de bom. Coisas que só acontecem quando conseguimos sair da rotina e do controle para deixar a intuição, a criatividade, a liberdade e a felicidade fluírem.

A partir do momento que decidimos, tudo fluiu. Meu marido conseguiu estruturar sua agência de publicidade para que tudo pudesse seguir acontecendo mesmo com ele a distância (e viva a tecnologia!), nossa casa com plantas e cachorro foi ocupada pela minha irmã, que felizmente (para nós) iria entrar em uma reforma de seis meses no apartamento dela, conseguimos encontrar um formato para seguir com a escola das meninas mesmo de longe e pronto! O mundo estava a nossa espera ;-)

Partimos agora em julho para Amsterdam, primeiro destino da nossa grande aventura. Cidade que adoramos e onde temos família, por parte do meu pai. Resolvemos ficar aqui um mês inteiro para fazer tudo com calma e presença, e viver a vida dos holandeses com tempo, coisa rara na nossa vida em São Paulo. Ficamos aqui até dia 18/07, quando embarcamos para Londres.

E assim começamos a nossa aventura. Com apenas quatro malinhas para os cinco, vamos viver leves. Vamos entregar, confiar e deixar rolar <3

por Elisa Roorda em colunas, Sabatico pelo mundo em família, viagem.

Elisa Roorda, 39 anos. Mãe orgulhosa de 3 criaturinhas: Nina, Sofia e Martin. Publicitária pela ESPM, e dona de uma carreira abandonada na área de marketing esportivo. Fundadora do Mamusca, um espaço mágico que segue funcionando nas mãos de outras fadinhas. Pregadora do livre brincar, da conexão, da presença, do encantamento pelo mundo. No momento viajando o mundo com toda a trupe.