Um dia com crianças em Embu das Artes

Vanina Pinheiro

Distante apenas 25 km de São Paulo, Embu das Artes já é um conhecido destino para uma escapada de fim-de-semana em família e com crianças. Por estar muito próxima da capital, um bate-volta é suficiente para apreciar as delícias da culinária e do artesanato regional e curtir o clima da cidadezinha de interior.

A cidade de origem jesuíta tem 240 mil habitantes. Um dos locais mais importantes do centro histórico é o Complexo Arquitetônico que engloba a Igreja Nossa Senhora do Rosário e a residência anexa dos jesuítas. O monumento foi o primeiro tombado pelo IPHAN no estado de São Paulo. Enquanto o Museu de Arte Sacra dos Jesuítas permanece fechado, aproveite para curtir a cidade ao ar livre.

A tradicional Feira de Artesanato ainda não está funcionando, mas as lojas e restaurantes estão abertos e operando com respeito às normas de distanciamento social. Não deixe de passear pela Rua Nossa Senhora do Rosário que concentra lojas de artesanato, decoração e antiquários.

Ainda no centro histórico, temos a famosa Viela das Lavadeiras, uns dos locais mais charmosos da cidade. Um beco com paredes coloridas, flores e grafites. Na Viela também está localizado o Empório de São Pedro, que mistura restaurante e antiquário com ótima seleção de pratos no menu. O Empório está aberto e funciona mediante reserva.

Outro restaurante que conhecemos e indicamos é O Garimpo. Ele fica em um casarão com área externa charmosa e acolhedora.

Veja outras dicas de passeios em Embu:

  • Parque Francisco Rizzo: fica próximo ao centro de Embu das Artes e conta com um belo lago que atrai muitos visitantes. O parque também possui um playground infantil e uma brinquedoteca que são ideais para quem vai viajar com crianças, além de diversas opções de cafés e atividades ao ar livre. O local fica aberto todos os dias, das 5h da manhã até as 22h e a entrada é gratuita.
  • Praça das Artes no Largo 21 de Abril: após uma reforma, a Praça das Artes ganhou bancos novos, lixeiras, houve renovação do piso, do coreto e do relógio. É lá também que foi instalado o letreiro colorido com o nome da cidade muito disputado para tirar fotos.
  • Centro Cultural Mestre de Assis Abreu: localizado no Largo 21 de abril, o museu conta com um acervo sobre a história de Embu das Artes e apresenta exposições temporárias e apresentações de músicas e danças com entrada gratuita.Funcionamento antes da pandemia: De segunda a sexta, das 8h30 às 21h30. Sábado e domingo, das 9h às 18h. Antes de se deslocar vale confirmar se as visitas já estão liberadas.

Uma ótima dica para levar as crianças é a Cidade das Abelhas, que foi reaberta recentemente e conta com playground educativo e visita às colméias. Um passeio que encanta crianças e adultos. Veja todos os detalhes desse passeio em Cidade das Abelhas: Aprendendo tudo sobre Abelhas e Colmeias.

Para ir de São Paulo à Embu das Artes de carro, basta sair da capital pela Rodovia Régis Bittencourt (BR-116) e seguir até a saída do quilômetro 279 ou 282