Teatro Ruth Escobar

Em 1963 foi inaugurado o Teatro Ruth Escobar, de propriedade da atriz Ruth Escobar, que, graças ao apoio obtido junto à colônia portuguesa, conseguiu levantar um admirável complexo arquitetônico, voltado para a realização de atividades culturais de todas as espécies.

Três décadas passadas e o teatro Ruth Escobar, escrevendo sua história nas páginas de heróica resistência política e cultural, marcou tentos inesquecíveis na consolidação de uma cultura genuinamente nacional. “Roda Viva”, de Chico Buarque de Holanda, “Feira Paulista de Opinião”, de vários autores, “A Viagem”, de Carlos Queiroz Teles, “Revista Henfil”, de Henfil, “Caixa de Cimento”, de Carlos Henrique Escobar e “Fábrica de Chocolate”, de Mário Prata são alguns espetáculos que contribuíram definitivamente para a identificação dos rumos da moderna dramaturgia brasileira. Da mesma forma “O Balcão” de Jean Genet, sob a direção de Victor Garcia, “As Fúrias”, de Rafael Alberti e “Romeu e Julieta”, de Shakespeare colocaram o Teatro Ruth Escobar na vanguarda teatral do planeta, em absoluta sintonia com o seu tempo.

33 anos depois, em 1997, a APETESP, durante a gestão do então Presidente Sérgio D’Antino, dá início ao processo de compra deste equipamento teatral, evitando que o mesmo caísse em mãos da especulação imobiliária, em virtude da grave crise econômica pela qual passa o país.

Rua dos Ingleses 209, Bela Vista
São Paulo, SP
01329-000
Brasil
abrir no GoogleMaps 11 3289 2358 website
Estacionamento:
R$ 20,00manobrista