Doutores da Alegria Conta Causos

já aconteceu

Prepare as crianças para muita risada!

O espetáculo Doutores da Alegria Conta Causos terá edição inédita online. Contracenam desta vez, com direção artística de Ronaldo Aguiar e David Taiyu, atores do elenco do Recife (PE) – Greyce Braga (Dra. Mona Lisa) e Wagner Montenegro (Dr. Wago Ninguém) – e de São Paulo (SP): Paola Musatti (Dra. Manela), Suzana Aragão (Dra. Tutty Bolot’s), Anderson Machado (Dr. Cavaco) e Raul Figueiredo (Dr. Zapatta Lambada).

Doutores da Alegria Conta Causos é um dos pilares do repertório cênico dos Doutores da Alegria e narra histórias vivenciadas entre palhaços e crianças nos atendimentos em hospitais. Desde o início do período de distanciamento social, com ensaios e apresentações totalmente adaptadas para o formato online. Isso possibilita, pela primeira vez, que atores das unidades Recife e São Paulo contracenem na mesma edição.

Pela primeira vez longe das unidades de saúde pública devido às restrições impostas pela pandemia da Covid-19, Doutores da Alegria segue se adaptando para que a relação entre palhaços e pacientes possa estar vivia, mesmo em tempos de distanciamento social.

A realização de um espetáculo virtual é uma das ações propostas, assim como os atendimentos em hospitais à distância, por meio de tablets e em parceria com profissionais de saúde. Outras já implementadas são o Delivery Besteirológico (série de vídeos criados pelos artistas em confinamento), o Festival Miolo Mole (primeiro festival virtual da associação) e uma websérie inspirada na festa de São João, além de lives quinzenais.

  • Data: 16 de outubro, sexta-feira, às 19h - Facebook: /doutores e Youtube: /tvdoutores
  • Gratuita. Classificação etária: Livre.
  • Direção: Ronaldo Aguiar e David Tayiu

Doutores da Alegria – Organização da sociedade civil sem fins lucrativos que introduziu a arte do palhaço no universo da saúde. Desde sua fundação por Wellington Nogueira, em 1991, intervém junto a crianças, adolescentes e outros públicos em situação de vulnerabilidade e risco social em hospitais públicos. A associação transita pelos campos da saúde, da cultura e da assistência social e considera a cultura como um mínimo social a que todos têm direito. Desenvolve o Programa de Palhaços em 12 hospitais de São Paulo e de Recife e, no Rio de Janeiro, o Programa Plateias Hospitalares, com programação artística permanente e diversa em sete hospitais. O trabalho é gratuito para os hospitais e mantido por doações de empresas e de pessoas.

Programação fornecida pela produção/estabelecimento e sujeita à alteração. Confirme antes de sair de casa.

Horários
de 16/10/2020 a 17/10/2020
diariamente
das 19h00 às 20h00
Idade recomendada