Teatro intantil Três_Mosqueteiros Jefferson Pancieri

Os três Mosqueteiros

​A Peste – Cia. Urbana de Teatro estreia o espetáculo infantil “Os três Mosqueteiros – Um por Todos, Todos por um” pelo canal da Unibes Cultural no YouTube, com acesso grátis. ​

A montagem – inspirada na obra de Alexandre Dumas - é uma divertida aventura de capa e espada, adaptada por Pamela Duncan, que também assina a direção, e por Flavio de Souza, notável criador das séries Castelo Rá-Tim-Bum e Mundo da Lua. ​

No enredo de Os Três Mosqueteiros, três jovens humildes - Musse (sapateiro), Champignon (poeta) e Garçom (faxineiro) - sonham em se tornarem mosqueteiros do reino. Eles são alegres, bastante atrapalhados e até ingênuos. Descobertos por Bafo, o ajudante fiel do vilão Roquefor, eles são nomeados mosqueteiros com a missão de proteger a princesa Chantili e o reino da França, mas tudo não passa de um plano mirabolante. Percebendo que Roquefor pretende raptar a princesa, obrigá-la a se casar com Bafo e se apossar da fortuna do reino, os três mosqueteiros trapalhões lutam com suas espadas para salvar a princesa e expulsar o traidor. A trama é conduzida pelo papagaio narrador, o Petigatô, um boneco que permanece na área de encenação e tudo observa e tudo sabe. ​

Na história, os três jovens comuns e sonhadores vivem aventuras, permeadas de humor, em cenas dinâmicas que exaltam os valores humanistas e a ética. A Princesa – que surge como uma menina mimada - transforma-se em uma jovem consciente e se torna mosqueteira, assumindo o lugar do ‘quarto’ integrante da história original. ​ A direção de Pamela Duncan é inspirada nos desenhos animados e na filmografia de Os Três Mosqueteiros (Alexandre Dumas, 1840-1844), amparada por uma intensa pesquisa bibliográfica sobre o autor e a obra, que incluiu ainda todos os filmes produzidos, as lutas de capa e espada e a estética da época junto aos movimentos artísticos de literatura e artes plásticas. A montagem para o público infantil ganha contornos clownesco. Pamela Duncan também visitou o clássico Os Três Patetas para desenvolver a estética do clown junto ao teatro físico para compor os mosqueteiros palhaços e anti-heróis.

No texto, Flavio de Souza não economizou na criatividade e imaginação dando nomes divertidos aos heróis (Champignon, Musse e Garçom), bem como aos demais personagens (Roquefor, Bafo, a ama Brioche e o papagaio Petigatô), que prometem boas gargalhadas e encantar a garotada.

Os atores fizeram aulas de dança e de esgrima para desempenhar com presteza as cenas coreografadas de luta, e também laboratórios com filmes onde a espada, os movimentos e a postura dão o tom às cenas. A trilha sonora tem um papel fundamental para marcar de dar ritmo às cenas. Em sintonia com a época, os temas passam pelo Barroco e Renascimento, mas aporta no contemporâneo fazendo a ponte com os dias atuais. O figurino e a maquiagem trazem a beleza e poesia da commedia dell’arte com a alegria das cores e babados, estimulando a fantasia e transportando o espectador para a história.

O cenário é virtual com projeções ambientes do passado, complementado por poucos elementos.

  • Exibição online pelo YouTube / Unibes Cultural
  • 12/10 Terça, às 11h e às 16h
  • 13/10 a 17/10 - Quarta, quinta e sexta, às 11h e sábado e domingo, às 16h
  • 22/10 a 24/10 - Sexta, às 11h e sábado e domingo, às 16h
  • 29/10 a 31/10 - Sexta, às 11h e sábado e domingo, às 16h
Siga nosso Instagram @boraai_sp e acompanhe em primeira mão todas as novidades em São Paulo para crianças

Programação fornecida pela produção/estabelecimento e sujeita à alteração. Confirme antes de sair de casa.

Horários
de 12/10/2021 a 31/10/2021
Sex a Dom
Grátis. 50 min. Indicado para crianças a partir de 3 anos.
Idade recomendada