Teatro infantil, a menina que saiu de casa porque tinha medo Gabriel Rais

Teatro “A menina que saiu de casa para saber o que era o medo”

já aconteceu

A peça infantil “A menina que saiu de casa para saber o que era o medo” mescla horror gótico, teatro de sombras, quadrinhos e cinema mudo para contar a história de uma adolescente muito corajosa.

O espetáculo conta a história de uma adolescente de 16 anos que, por não ter medo de nada, passa a ser vista como bruxa, acreditando que é uma pessoa má. A jovem resolve, então, aventurar-se pelo mundo para mostrar que tem medo sim e não pratica maldade. Em suas andanças, depara-se com lugares como florestas sombrias, cemitérios abandonados e castelos mal-assombrados.

Para potencializar a narrativa e ainda estimular a imaginação do público, a atriz bonequeira, marionetista e puppeteer Daiane Baumgartner decidiu investigar diversas linguagens, como Teatro de Sombras feito com retroprojetor, Cinema Mudo e quadrinhos. A união desses elementos cria uma atmosfera soturna, que explora a dualidade entre o claro e o escuro.

E, ao longo da trama, imagens em movimento complementam a ação, bem como balões de fala cheios de onomatopeias e a trilha sonora criada exclusivamente para o espetáculo.

Daiane acredita que é fundamental que as crianças entrem em contato com as realidades mais complexas da vida, como doença, ódio e morte. Assim, a protagonista se relaciona com fantasmas ao mesmo tempo em que embarca em uma jornada de autoconhecimento. Ao final, ela precisa tomar uma importante decisão sobre seu futuro.

A atriz fala sobre o desafio de recriar a história. “O conto é bem machista. Em uma das versões que me inspirou, a única mulher presente na narrativa é uma princesa que fica trancada em um castelo porque seu pai fantasma não quer que ela se case ou abandone o lar. Já o ‘menino que não tinha medo de nada’ descobre que, na verdade, tem algo que o assusta: compromisso amoroso. E a mulher passa de um dono (o pai) para outro (o garoto que a ganha como prêmio)”, comenta. Por isso, em “A menina que saiu de casa para saber o que era o medo”, a mulher é retratada com mais independência, não mais vista como um objeto.

  • A temporada online acontece nos dias 16, 17, 18, 23, 24 e 25 de abril, às 17h, no canal do YouTube/DaianeBaumgartner

Concepção e direção: Daiane Baumgartner. Adaptação do texto: Daiane Baumgartner e Jomo Faustino. Dramaturgia sonora: Jomo Faustino. Mixagem de som: Leo Bortolin e Bruno Franco. Ilustração: Mariana Waechter.

Programação fornecida pela produção/estabelecimento e sujeita à alteração. Confirme antes de sair de casa.

Horários
de 16/04/2021 a 27/04/2021
Sex a Dom
das 17h00 às 18h00
Gratuito. Livre. 30 minutos.
Idade recomendada